Menu Lateral
Redes Sociais
Contatos
Email

paulojornalista@uol.com.br

Foto: Youtube  -  O portal Agora RN destaca em reportagem que uma médica teve parte do dedo arrancado após ser mordida por uma mulher que não se conformava com o fato de receber alta antes de seu bebê. O surto psicótico aconteceu na quarta-feira, 21, no Hospital Maternidade Almeida Castro, em Mossoró(RN). Segundo a assessoria da unidade médica, a mulher deu à luz na madrugada da terça-feira, 20, recebendo alta 36h após o procedimento, como normalmente acontece.O bebê, entretanto, .

Imagem: Google maps  -  O perfil no Instagram @altooestedivulgacoes, com 50 mil seguidores, postou que na cidade de Olho D’água do Borges,no Rio Grande do Norte,dois homens apostaram o ânus nas eleições 2020, com direito a ‘contrato de aposta’ com nomes e assinaturas dos apostadores.Nos comentários da publicação muita gente entrando no clima da aposta e outras pessoas desconfiadas em relação ao fato inusitado.https://www.instagram.com/p/CGsjoSzH4MP/?utm_source=ig_embedRedação com .








O ministro Ricardo Lewandowski, do STF (Supremo Tribunal Federal), decidiu, nesta 6ª feira (23.out.2020), que vai levar diretamente ao plenário três ações que discutem a realização obrigatória de vacinação e outras medidas profiláticas no combate à pandemia de covid-19.Relator das ações, Lewandowski aplicou o chamado rito abreviado, que permite o exame do caso diretamente pelo colegiado da Corte. Com isso, abriu mão de emitir uma decisão individual sobre o tema.Eis a íntegra dos das decisões sob.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) virou réu pela quarta vez na Operação Lava Jato no Paraná. O juiz Luiz Antonio Bonat recebeu nesta sexta-feira (23) a denúncia do MPF (Ministério Público Federal) contra o petista e mais três pessoas por lavagem de dinheiro na Petrobras.Segundo o documento, Lula era “comandante e principal beneficiário do esquema de corrupção que também favorecia as empreiteiras cartelizadas”, como a Odebrecht. O ex-ministro Antonio Palocci e Paulo Okamotto, preside.

Foto: Gabriela Biló/AE  -   O presidente do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux, agendou para o dia 5 de novembro a posse do novo ministro Kassio Marques na Côrte. A solenidade será realizada às 16h de forma ‘estritamente virtual’ , segundo confirmou a assessoria do tribunal. Os detalhes foram acertados durante audiência realizada na tarde desta quinta, 22, na sede do tribunal entre Fux e o magistrado.O nome de Kassio foi aprovado pelo Senado na quarta, 21, por 57 votos a 10 para o.

Foto: Associated Press  -  A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) se manifestou, nesta quinta-feira (22/10), sobre os comentários do papa Francisco, que defendeu uniões civis homossexuais. Para a entidade, a fala demonstra “humanidade”, mas “não muda em nada o ponto de vista doutrinal ou dogmático sobre a família”.As declarações do papa Francisco, que foram feitas em um documentário, publicado na quarta-feira (21/10), e imediatamente se tornaram alvo de polêmica. No fi.

Foto: Youtube  -  Em mais um episódio da crise instalada em torno da politização da vacina contra a Covid-19, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse na noite desta quinta-feira (22) que não manda na Anvisa, mas que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária não vai correr para liberar a imunização.“A vacina tem que ser certificada pela Anvisa. Eu não mando na Anvisa. Alguns acham que eu mando na Anvisa. A Anvisa, como as agências todas, é independente. A Anvisa não é subo.

Foto: Reprodução internet  -  O TRF-3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região) determinou, na tarde de ontem, a extinção de uma ação penal contra André de Oliveira Macedo, o André do Rap, pelo crime de organização criminosa. Apontado como um dos líderes do PCC (Primeiro Comando da Capital), André foi condenado pela Justiça Federal de São Paulo por tráfico de drogas.O processo contra André teve início em 2014, após a Polícia Federal deflagrar a Operação Oversea e desmantelar esquem.

.

O Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Administração, informa que, com a renovação por mais 180 dias do Decreto estadual nº 40.134, de 20 de março de 2020, que estabelece estado de calamidade, devido à situação de emergência de saúde pública durante a pandemia da Covid-19, também fica prorrogada, por igual período, a Lei Estadual n° 11.699, que suspende a cobrança de parcelas de empréstimos consignados de servidores públicos estaduais, com o objetivo de amenizar a crise econôm.



...................... Notícias Anteriores