Menu Lateral
Redes Sociais
Contatos
Email

paulojornalista@uol.com.br

Em meio à pandemia do novo coronavírus, a circulação de pessoas aumentou nesta semana em bairros onde há mais de casos da covid-19Em meio às medidas de isolamento social determinadas pelas autoridades para conter o avanço do novo coronavírus no município do Rio de Janeiro, onde há 36 mortes e 867 casos de covid-19, a frequência nas praias diminuiu, mas ainda houve registro de movimentação no calçadão de Copacabana, na zona sul, neste sábado (4).Pelo terceiro final de semana, a Polícia Militar fi.

Ministro assinalou o esforço que o governo está fazendo esforço para ajudar a população durante fase de distanciamento social, em especial a aposentadosO ministro da Economia, Paulo Guedes, participou na tarde deste sábado (4) de uma teleconferência pelo YouTube com empresários do setor varejista de diferentes partes do país, ligados à Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas.Na abertura, o ministro assinalou o esforço que o governo está fazendo para ajudar a população durante a fase de dis.








Os Estados Unidos já têm mais de 300 mil casos de pessoas infectadas pelo novo coronavírus e mais de 8 mil mortes por Covid-19, de acordo com a Universidade Johns Hopkins, que compila dados sobre a pandemia em todo o mundo.O total registrado nos EUA pelo Centro de Sistemas, Ciência e Engenharia da instituição até as 19h20 de Brasília deste sábado é de 305.820 casos e 8.291 mortes.Ainda segundo a universidade, a Espanha tornou-se o segundo país com mais casos de infecção pelo novo coronavírus, co.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, vetou uma medida que protegia de cortes um total de R$ 2,3 bilhões em emendas parlamentares indicadas pelas bancadas do Congresso e destinadas a redutos eleitorais. O veto foi colocado na proposta que regulamenta o orçamento impositivo neste ano (PLN 2/2020), aprovada nesta semana pelos parlamentares.O restante do projeto foi sancionado. Na prática, porém, o governo não precisará fazer bloqueios no Orçamento em 2020 por causa do decreto de calamida.

O Ministério da Saúde atualizou os dados sobre o novo coronavírus no Brasil na tarde deste sábado (4). De acordo com as informações mais recentes da pastas, o país tem 10.278 casos confirmados da doença e 432 mortes até às 14 horas.Segundo a pasta, o estado de São Paulo tem 4.446 casos de Covid-19 e 260 mortes. O Rio de Janeiro apresenta 1.246 casos e outros 58 mortes.Na sexta, o país tinha  9.056 casos de coronavírus e 359 mortes. Mais de 61% dos casos estão concentrados na região Sudeste..

O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal julgou inviável a Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental do Partido Democrático Trabalhista (PDT) que pedia a suspensão imediata de parte do calendário do Enem 2020 em razão do da pandemia do novo coronavírus. O vice-presidente da Côrte considerou que a ação escolhida pela legenda "não é o meio processual adequado para o questionamento" e apontou que "atos do poder público não podem ser questionados de forma irrestrita e genérica .

Segundo as últimas informações do Ministério da Saúde, os números desta sexta estava em 359 mortes e 9.056 casos da covid-19 em todo paísAs secretarias estaduais de Saúde informaram que o número de mortes por coronavírus está em 376 e os casos confirmados em 9.391 até às 12h30 deste sábado (4). De acordo com a última atualização do Ministério da Saúde, o número de mortes nesta sexta estava em 359 e os casos confirmados da doença em 9.056, com taxa de letalidade em 4%.Ainda segundo dados da .

Os Estados Unidos registraram nesta sexta-feira (3) 1.480 mortos pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2), aumentando o número total de óbitos para 7.406. Os dados marcam um novo recorde no mundo, de acordo com a contagem da Universidade Johns Hopkins.A nova quantidade representa um crescimento em relação ao balanço do dia anterior, quando as mortes contabilizadas no território americano também atingiram uma marca inédita, com 1.169 mortes em apenas um dia.Até então, o pico anterior havia sido atingid.

.

Carlos Bolsonaro, filho do atual presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), usou as redes sociais na noite desta sexta-feira (03/04) para provocar, mais uma vez, o vice-presidente, Hamilton Mourão. A encrenca da vez é a reunião que Mourão teria tido, nessa quinta-feira (02/04) com o Flávio Dino, do Partido Comunista Brasileiro (PCdoB), governador do Maranhão.“O que leva o vice-presidente da república se reunir com o maior opositor SOCIALISTA do governo, que se mostra diariamente com .



...................... Notícias Anteriores